Seguidores

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Gente do Ceará

BENTO RAIMUNDO
GENTE DO CEARÁ
*
O vaqueiro está no jeito
Pra montar seu alazão
Já botou o seu chapéu
Não esqueceu o gibão
Se passar no meu terreiro
Pra janela vou ligeiro
Pra um aceno de mão.
*
Versos de Dalinha Catunda
Foto de Bento Raimundo.

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

DOS ENCONTROS NO CARIRI

DOS ENCONTROS NO CARIRI
A casa da poetisa Josenir Lacerda desde sempre é um ponto de cultura. Eu, em minhas idas ao Cariri, tenho lá, meu ponto de pousada.
Primeiro porque sou muito bem recebida e depois porque temos uma abençoada parceria.
Ser hospede do casal, Miguel Teles e Josenir Lacerda, é um grande privilégio, pois mesmo sem sair de casa respiramos cultura.
É difícil um dia que não tenha a visita de pessoas ligadas ao mundo da poesia e das tradições nordestinas.
Em cada canto da casa é visível as referências a cultura popular, seja em fotografias, objetos, música, enfim, em tudo que circunda o ambiente qualificado de Cordel e Arte.
Pensem na oportunidade que tive de passar uma tarde ao lado de Lulu Lacerda, Paiva Neves, Evaristo do Cordel, Josenir Lacerda, Clevinson Viana, Maércio Lopes Miguel Teles e Amora completando o quadro histórico.
Foi uma tarde como poucas, regada a muitas histórias, onde a gente aprende a respeitar, a conhecer melhor e a querer bem nossos amigos poetas. AMEI!

Nota e fotos de Dalinha Catunda

terça-feira, 10 de outubro de 2017

A POSSE DA NOVA DIRETORIA DA SPB

Finalizando o roteiro cultural: O JURAMENTO
No dia 17 de setembro de 2017, assisti com muito orgulho, com prazer, e até com emoção, no Geossitio, Riacho do Meio em Barbalha, a posse da nova diretoria da Sociedade dos Poetas de Barbalha.
Registrei o juramento. Naquele momento tive certeza que a SPB, que sempre fora tão bem administrada por presidentes do sexo masculino, não perderia sua continuidade, seu crescimento e seu brilho com a nova diretoria composta por esse grupo:
Presidente – Lindicássia Nascimento.
Vice – presidente - Maria de Fátima Vieira
secretária - Angela Maria Pereira
2ª Secretária - Maria Eliane Leite
1ª Tesoureira Maria do Rosário Lustosa
2º Tesoureiro – José Joel de Sousa
Quero aqui oferecer meu apoio a presidente, Lindicássia Nascimento e a sua vice-presidente, Fátima Vieira, e dizer que acredito na gestão dessas duas mulheres que com certeza arregaçarão as mangas e darão o seu melhor em prol da Sociedade dos Poetas de Barbalha.
Meus parabéns a todos que compõem essa entidade, que a união chegue em forma de elo unindo cada vez mais, cada membro dessa sociedade.
Estive no evento representando a Academia Brasileira de Literatura de Cordel
E como Madrinha da Cordelteca da Sociedade dos poetas de Barbalha.

Nota e fotos de Dalinha Catunda

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

A FILHA DE DONA FAFÁ



A FILHA DE DONA FAFÁ no roteiro cultural
A festa da posse da nova diretoria da Sociedade de Barbalha, teve de tudo um pouco. Violeiros, cantores, grupo Flor do Cariri, com cirandas, cocos e cantigas de roda.
A tarde foi pouca para tantas apresentações e uma delas foi a estreia da peça, “A FILHA DE DONA FAFÁ”.
A talentosa atriz, Fátima Correia, e eu, Dalinha Catunda, membros do grupo, FLOR DO CARIRI, juntas com Tranquilino Repuxado, nos apresentamos no evento levando um pouco de humor para a animada plateia.

Nota e fotos de Dalinha Catunda

SOMOS NORDESTINAS


SOMOS NORDESTINAS
*
Eu sou nordestina
Igualzinha a tu
Sou flor e espinho
Do mandacaru.
*
Sou a brisa mansa
Que traz calmaria
Mas sou tempestade
Se alguém me agonia.
*
Sou água que cai
Em pleno verão
Sou fogo que queima
Se o caso é paixão.
*
Versos Dalinha Catunda

Foto de Lindicássia Nascimento

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

No Crato na biblioteca Maria Socorro Lima











Seguindo a maratona cultural
Em 19 de setembro, estive me apresentando em mais um evento cultural, desta vez, na Escola Juvêncio Barreto que reinaugurou a Biblioteca com o nome de Maria Socorro Lima.
Eu e Josenir Lacerda, lançamos nosso cordel em parceria, VIVA A LEITURA! Na minha modesta avaliação, um cordel muito bom, leva a xilo de Maércio Lopes e cabe muito bem nas escolas.
Foi um belo evento com muitas atrações. Tranquilino Ripuxado se apresentou muito bem, foi bastante aplaudido. Entre muitas atrações, declamou também Dariany Sami que vem se especializando na arte de declamar.
Contamos com a nobre presença de Miguel Teles esposo de Josenir Lacerda, músico e apologista da cultura regional.

Dalinha Catunda

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

NO MEMORIAL PADRE CÍCERO EM JUAZEIRO



Da longa agenda cultural: Homenagem ao saudoso poeta Sílvia Grangeiro.       
Em Juazeiro do Norte, no Memorial Padre Cícero, uma bela e merecia homenagem ao saudoso poeta Sílvia Grangeiro, no dia 20 de setembro de 2017.
Na ocasião, no Palco com Simone Grangeiro, Rosário Lustosa, Josenir Lacerda. Participei junto com Josenir declamando nossas glosas em um mote de minha autoria: “Hoje não tem cantoria, tem só viola a chorar.”
Foi um bonito evento com figuras importante do mundo do cordel e do repente.
Foi muito bom abraçar os velhos amigos entre eles meu querido Pedro Bandeira do qual eu sou madrinha na Academia Brasileira de Literatura de Cordel.

Nota e fotos de Dalinha Catunda