Seguidores

quinta-feira, 7 de julho de 2011

RECEITA DE BAIÃO DE DOIS


Receita de Baião-de-dois

Se você for ao Nordeste,
Lá pras bandas do Ceará
Uma comidinha típica
Quero lhe apresentar
É o nosso baião-de-dois
Garanto que vai gostar.

É um saboroso prato,
Que vale a pena provar,
Tem uma receita simples
Até posso lhe ensinar
Pois comi muito baião
E aprendi a preparar.

Pegue o feijão de corda,
Sendo verde ou maduro.
Cozinhe numa panela,
Não deixe mole nem duro.
Estando cozido e inteiro,
Fica bom lhe asseguro.

Numa panela a parte,
Refoga com alho o arroz.
Estando bem refogado,
Jogue o feijão depois.
Em seguida ponha água
Que baste ao baião-de-dois.

Não esqueça de refogar
Com a manteiga da terra.
Pedaços de queijo de coalho
Quem usa a receita não erra.
Coentro use a vontade,
E assim a receita encerra.

O queijo e o coentro
Entram na parte final.
Se souber acertar o ponto
É um prato sem igual.
Se você for bem guloso,
Vai comer de passar mal.

Esta comida simples
É o xodó do meu sertão
Dela come o pobre o rico,
O empregado e o patrão
Garanto que nem doido,
Dispensa o nosso baião.

O cearense deixa seu lar
Mas leva no coração,
Os sabores de sua terra,
Que é sua maior paixão.
Não esquece a rapadura,
Queijo de coalho e baião. 
*
 Texto: Dalinha Catunda
Imagem: flickr.com/fotos 
Visite: www.cantinhodadalinha.blogspot.com
www.rosariocordel.blogspot.com

2 comentários:

  1. Tanto tem baião-de-dois
    Como o baião do Gonzaga
    Se um é bom com arroz
    Outro, com sanfona, paga
    Eu sou doido por baião
    Que tenha pouco feijão
    Desse, sim, eu gosto mesmo
    Me faz um glutão, guloso
    Um baião-de-dois gostoso
    Misturado com torresmo

    ResponderExcluir
  2. Olá PPP,
    Gostei do seu comentário em décima, acrescentei uma décima de minha autoria e fiz uma postagem no Cordel de Saia.
    Obrigada pela presença.
    Um abraço,
    Dalinha

    ResponderExcluir