Seguidores

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

ALÉM DA PRIMAVERA

ALÉM DA PRIMAVERA

De flores me vestirei
Seja em qualquer estação.
Não desistirei dos sonhos
Apostei nesta opção
Plantarei sempre alegria
Semear melancolia
Não tenho esta pretensão.
*
A primavera chegou
Sem o sol aparecer,
Mas flores de primavera
Bordaram o amanhecer
Debruçada na janela
Vejo quanto à vida é bela
Sinto seu resplandecer.
*
Amo as flores, amo a vida,
Independente de idade,
O plantio do passado
Colho na maturidade
E em qualquer estação
Bate bem meu coração
Buscando felicidade.
*
Texto e foto de Dalinha Catunda

2 comentários:

  1. quadro bonito de ver
    Uma flor vestindo flores
    verde e rosa combinando
    relembrando seus amores
    de uma vida bem vivida
    essa poeta querida
    é feliz e esquece as dores

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Fred pelo comentário.
    *
    As flores que me perdoem
    Esta minha intromissão
    Aproveitei o cenário
    E também a ocasião
    Para pousar bem faceira
    Nesta bela espirradeira
    Que floreia em meu sertão.

    ResponderExcluir