Seguidores

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

MULHER NO CORDEL - I


MOTE DE DALINHA CATUNDA
Se tem mulher no cordel
Você tem que respeitar.
*
MULHER NO CORDEL
*
O homem é mestre no verso
E a mulher nunca se acanha
Rodando a saia com manha
Ingressa nesse universo
Encara tema diverso
Na cultura popular,
Ocupando seu lugar
E faz bem o seu papel
Se tem mulher no cordel
Você tem que respeitar.
Dalinha Catunda 
A mulher é um ser pensante
igualzinha ao seu parceiro
tem um cérebro inteiro
pra pensar a seu talante
e somente um delirante
machista muito vulgar
pode assim discriminar
seu valor e seu laurel
se tem mulher no cordel
você tem que respeitar
Fred Monteiro
Hoje o tempo está mudado
Eu estou observando:
A mulher tá conquistando
Um direito consagrado
Homem mal acostumado
Tá na hora de mudar
Um recado eu vou mandar
Pra você que é menestrel 
Se tem mulher no cordel
Você tem que respeitar
Aldemá de Morais
Tem mulher na prefeitura,
tem, também, na presidência
com garra, com competência
faz bela literatura;
demonstrou sua cultura
erudita e popular
com certeza, vai ganhar
o grande prêmio nobel
Se tem mulher no cordel
Você tem que respeitar
Bastinha Job 
O direito à igualdade
Sempre foi nossa bandeira
Seguindo numa trincheira
Lutamos por liberdade
Dentro da sociedade
Marcamos nosso lugar
Conseguindo conquistar
Seu registro em papel
Se tem mulher no cordel
Você tem que respeitar
Creusa Meira 
Exercendo a profissão
a mulher manda sua brasa
além de dona da casa
é chofer de caminhão,
Presidente da Nação
professora singular
dirige avião no ar
cria abelha e colhe o mel
se tem mulher no cordel
você tem que respeitar

Fred Monteiro
Quem foi que disse algum dia
Que poesia tem sexo?
Machismo hoje é complexo,
Do medíocre a nostalgia,
que não vê que a poesia
É gema por lapidar;
Se o homem sabe lavrar,
A mulher usa o cinzel.
Se tem mulher no cordel
Você tem que respeitar.
Nezite Alencar
A mulher tem competência
no que faz e no que diz
e faz o homem feliz
marcando a sua existência
quando tem a consciência
e sabe como lutar
pra sua vida pautar
no mais digno papel
se tem mulher no cordel
você tem que respeitar
Fred Monteiro 
A linguagem feminina
Tem mais vez, voz e espaço
Saia, batom, flor e laço
Sobre a cultura se inclina
A musa achou outra sina
Outra forma de encantar:
Tramas de seda ao rimar
Em versos, xale e dossel
Se tem mulher no cordel
Você tem que respeitar.
Josenir Lacerda
A mulher só aglutina
Com sua sabedoria
Canta noite, canta dia
Burilando sua rima
Tem calma, não desatina
O seu lema é cantar
O verso metrificar
Já provou não ser bedel
Se tem mulher no cordel
Você tem que respeitar
Rosário Pinto
A mulher que vai além
É atual e competente
No Brasil é presidente
Em outras terras também
Na poesia, teve e tem
Histórias para contar
Já conquistou o seu lugar
De poeta e menestrel
Se tem mulher no cordel
Você tem que respeitar.
Ivamberto Albuquerque
 Amigos e amigas,

Estou lançando uma décima com mote, vamos exercitar nossa verve poética?
Mande para os comentários ou para ou para nosso e-mail particular.
 Texto e foto da Dalinha Catunda








5 comentários:

  1. Exercendo a profissão
    a mulher manda sua brasa
    além de dona da casa
    é chofer de caminhão,
    Presidente da Nação
    professora singular
    dirige avião no ar
    cria abelha e colhe o mel
    se tem mulher no cordel
    você tem que respeitar

    ResponderExcluir
  2. A mulher tem competência
    no que faz e no que diz
    e faz o homem feliz
    marcando a sua existência
    quando tem a consciência
    e sabe como lutar
    pra sua vida pautar
    no mais digno papel
    se tem mulher no cordel
    você tem que respeitar

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito de participar desse mote tão especial. Obrigada, Dalinha, por ter-se lembrado de mim. Um abração extensivo à Rosário

    ResponderExcluir
  4. Olá Fred,
    Obrigada pela suas interações que sempre enriquecem as postagens.
    Meu abraço,
    Dalinha

    ResponderExcluir
  5. Querida Bastinha,

    Você é um nome importante na literatura de cordel e o prazer é todo meu em tê-la aqui participando.
    Receba também o meu abraço e da Rosário.

    ResponderExcluir